Gelcí Teresinha Quevedo Agne
"Aquilo que não sei cantar, digo e o que não sei dizer, poetizo."
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Súplica

Por favor, não calem minha boca...
Deixem-me gritar feito louca,
Toda semente nasceu pra ser flor e,
Todo grão nasceu pra ser pão!
Mas... todo grão caído é dor e,
Cada semente murcha é morte...
Eu grito, não!
O grão que inda não virou pão,
Germinará noutra estação...
E cada semente murcha irá parir novo botão...
Então a Primavera há de florir, inda que hajam canhões...
Gelci Agne
Enviado por Gelci Agne em 22/03/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários